Colabore com mapeamento

Ebling e banda

Fernanda EBLING é natural de Dourados/MS. O contato com a música começou quando criança, com aulas de órgão eletrônico. Com 13 anos aprende sozinha a tocar violão para participar do seu primeiro festival, o Festival Escolar do Colégio Perpetuo Socorro, no qual tirou o 2º lugar, interpretando uma canção autoral chamada Falando para o Destino. Com 18 anos entra pra banda No More, a qual faz parte até ingressar no Curso de Música na UFMS, em 2003. Durante sua estada em Campo Grande a artista é convidada a tocar teclado e, posteriormente, cantar na Banda Triburbanus, banda de reggae pop, na qual tocou em cidades como Coxim e São Gabriel do Oeste. Também com a Banda Triburbanus participa de duas edições (13º e 14º) do Festival Universitário da Canção - UFMS/ Campo Grande, com as músicas autorais Tradições e Inocente. Forma junto com Gustavo Almeida e Wagner Goulart o trio Sandra Rosa Madalena, que trabalhava com releituras de músicas da MPB e autorais. Em março de 2014 lançou o clipe da música Manicômio (composição de Cauê Gutierrez e Ebling) que compõe o EP – Rabiscos. Neste ano de 2015 já lançou duas músicas, também componentes do EP, Mirados e Cordas. Todas as músicas do EP-Rabiscos estão sendo produzidas por Cauê Gutierrez em Campo Grande/MS. As influências que permeiam as composições de Ebling estão voltadas para a Música Popular Brasileira, indo de Novos Baianos, Maria Bethânia, Chico Buarque, Nação Zumbi, Clube da Esquina e muitos outros. Não esquecendo de bandas do estado, tais como Sarravulho, Filho dos Livres, Dagata & os Aluízios, PúrPura, Sofia Basso, Giani Torres, Marina Peralta, os Espíndolas e muitos, muitos outros. A cantora acredita que o Estado do Mato Grosso do Sul está em ponto de ebulição, há muita música autoral de qualidade sendo produzida. Além disso salienta que espaços como esse, do Música Encena, vem para contribuir, divulgar e criar um processo de manutenção. Manutenção da cena musica e criação autoral.


Ebling e banda

outros locais

# Casa Brasil Conhecimento e cidadania morando juntos.

Vídeo


Comentários